Como escolher uma hospedagem para seu site/blog que não dê dor de cabeça

No início já sofri muito com hospedagens. De primeira eu contratava uma de R$ 7,90 por mês, nela colocava o domínio do meu melhor site como principal. Eu tinha mais outros dois sites e consegui hospedar eles, com domínio próprio e tudo usando uma só hospedagem, essa que tinha contratado. Para isso (hospedar vários sites em uma só hospedagem) é só usar uma funcionalidade que tem no Cpanel (painel da hospedagem linux que pode ser acessado pelo seusite.com/cpanel) e adicionar domínios suplementares. Para cada domínio suplementar que você adicionar à sua hospedagem, é criado automaticamente na raiz do site principal uma pasta com o nome do domínio. Os arquivos que você colocar dentro dessa pasta é que vai ser seu site. Por exemplo, eu tenho uma hospedagem que o seu domínio principal é portalwp.com, para acessar o painel da hospedagem eu acesso portalwp.com/cpanel e lá eu acesso os arquivos pelo gerenciador de arquivos. Chegando no gerenciador de arquivos eu vou ver o que tem na raiz do site (raiz é a pasta www ou public_html onde a pessoa coloca os arquivos do site), e vejo que dentro dessa pasta raiz foi criada uma outra pasta, que vai comportar o meu outro site, a pasta do domínio suplementar que criei. Quando eu acessar o domínio que informei na hora de criar o domínio suplementar, ele vai mostrar o que tem dentro daquela pasta que foi criada.

Assim podemos hospedar vários sites em uma única hospedagem. A maioria das hospedagens suporta isso, é só perguntar no suporte se a deles tem mesmo, antes de contratar.

Site fora do ar

site-fora-do-ar

Como minha hospedagem era da pequena, era da simples e tinha vários domínio nela, ela foi ficando lenta porque em cada site WordPress eu utilizava vários plugins no que deixava ela lenta, consumia muita memória (para evitar isso devemos instalar plugins de cache no nosso site WordPress hospedado. Deixar o site com o mínimo de plugins também ajuda). As visitas começaram a aparecer nos meus sites, isso também contribuiu para que ela ficasse lenta, pois era uma hospedagem com baixos recursos que não aguentava muita gente acessando de uma vez só. O fato de o cara da hospedagem que eu utilizava ter colocado muitos sites no servidor dele além dos meus, contribuía para o servidor ficar lento (essas hospedagens pequenas são denominadas hospedagens compartilhadas; se um site que estava hospedado nela recebesse num dia só várias visitas de uma vez, sobrecarrega o servidor todo que é fraco e deixa ele lento ou ele cai, ficando todos os sites que estão nele fora do ar). Isso (sobrecarregar um servidor fraco com vários sites) afetava o meu site e outros sites que estava junto deles. Depois eu contratei uma hospedagem da Hostgator e confesso a você, achei muito boa. Além de eles estarem sempre online para te ajudar a resolver pepinos, a hospedagem nunca sai do ar. Vale a pena mesmo, por isso faço propaganda.

Pagamento mensal x Pagamento anual

pagamento-anual-mensal

Uma outra dica é quando você for criar seu site e contratar sua hospedagem, é indicado pagar logo o ano inteiro. Você gastará menos dinheiro (porque eles dão desconto quando a pessoa paga logo o ano inteiro) e o mais importante, em criação de sites, tornar um site popular e com muito tráfego leva muito tempo, e isso (pagar logo o ano inteiro) vai diminuir sua chance de desistir porque se você paga sua hospedagem mensalmente, corre o risco de você no terceiro mês ver que ele não está tendo muitas visitas e você desistir. Você pagando o ano todo antecipado, mesmo depois de você criar o site e colocar conteúdo nele, se você desistir ele vai continuar lá no ar, gerando links (quanto mais as pessoas conhecem seu site e linkam para ele, mais importante ele vai ser para o Google e mais tráfego ele vai ter), e finalmente conseguindo tráfego, então virá o dinheiro com publicidade ou vendas (se seu site for uma loja virtual) que o tráfego proporciona e você depois você vai olhar para trás e vai ver que se tivesse desistido, não estaria com seu site com muitas visitas agora.

Hospedagem Linux x Hospedagem Windows

linux-windows

Outra coisa com respeito à hospedagens de sites, na hora de contratar a sua, em diversas empresas eles dão a possibilidade de você escolher hospedar em Linux ou em Windows. Para hospedagem de sites, WordPress principalmente, é preferível contratar a hospedagem Linux porque tem muitos tutoriais na internet sobre isso, e é até mais fácil de mexer. No começo quando fui contratar a minha primeira hospedagem, eu contratei uma Windows, achando que era a mesma coisa do computador, do sistema operacional, mais fácil de mexer do que Linux e me dei mal. Depois eu fui aprendendo.

Plano internacional x Plano nacional

nacional-internacional

Para hospedagem de sites, você pode escolher uma nacional ou uma internacional.

A hospedagem Nacional, com seu servidor aqui no Brasil mesmo fica mais rápido, o link é mais rápido, a velocidade é mais rápida, para quem está acessando seu site daqui do Brasil.

Na hospedagem internacional, com servidores lá fora, não é que eles sejam lentos, é que o tempo de requisição é mais lento do que se fosse em uma hospedagem no Brasil, mas para sites como os nossos isso nem é notável, é uma diferença muito pequena. Além de hospedagem internacional serem mais baratas, elas são estáveis (como essa Hostgator, Blue Host, Dream Host e outras).

Instalação fácil de CMS

cpanel-softaculows-fantastico

Quanto à instalação de scripts, as hospedagens em sua maioria hoje em dia vem com uma parte no Cpanel chamada Fantástico, Softaculous, entre outras que você pode fazer a instalação do seu CMS com um único click nesses programas. A desvantagem é que, muitos desses programas que instalam rápido e automaticamente o fazem em inglês, deixando o programa em inglês. O WordPress por exemplo, que é o CMS mais usado para blogs, quando a pessoa instala por esses programas, ele fica com o painel em inglês. Para deixar o meu WordPress em Português eu instalo manualmente no servidor. Entro no WordPress.org, escolho a linguagem (PT-BR é portugues do Brasil e PT é de Portugal. Escolhendo a linguagem de Portugal ainda vai ficar com diferenças. É preciso baixar a versão do WordPress em PT-BR).

Então, para contratar hospedagem, minha dica é contrate uma que seja internacional para você pagar menos, ter mais custo benefício e que suporte domínios suplementares para hospedar inúmeros domínios. Depois que eles estiverem com uma quantidade considerável de visitas (ex. 10 mil por dia), você pode mudar para um VPS (Virtual Private Server) ou dedicado, mas aí já é outra história.

Siga-me no Facebook

Comments

comments

Comments

  1. AD Winchester says

    Olá Everson. Atualmente você ainda usa a hostgator? Qual plano deles? Assim como você, eu tenho o interesse em adicionar domínios suplementares. Porém tenho medo, pois todos os sites juntos deverão receber em torno de 10 a 15mil acessos diários. O que a maior parte das hospedagens compartilhadas que usei até agora não aceitam. Parabéns pelo artigo, foi muito bem escrito. Responda o quanto antes puder. Obrigado.

  2. says

    Olá, gostei do post, parabéns.

    Aproveitando:

    vc acha que a HostGator  aguenta 75.000 visitas por dia? no plano B? estou querendo contratar o plano B da HostGator mais tenho receio de não aguentar pois meu site já tem 60 mil visitas por dia  e creio que em um ano terá mais de 75.000 . 

    • says

      Se tu for perguntar lá no suporte deles, eles podem dizer que não, pois é um número muito alto e podem mandar você contratar VPS em vez disso http://portalwp.com/hospedagem/comecando-vps-dedicado-2-20 . Não sei te dizer se suporta, só fazendo o teste mesmo. Se o site for WordPress, instalando um plugin de cache como o W3 total cache ou Wp Super cache, tem mais chances de aguentar, pois o processamento vai ser menor e só vai haver mais download de cada pagina que o cache salva, aí é bom, mas o plugin tem que estar funcionando certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *