Tudo sobre hospedagem compartilhada

CPANEL é um programa feito pela empresa Cpanel.inc que, ao contratarmos um serviço de hospedagem linux, vem nele, e é tipo um painel de controle da hospedagem onde podemos configurar tudo, contas de e-mail (ex.: eu@meusite.com) colocar os arquivos para o site funcionar, ver quando de GB já tem ocupado no HD etc. Para quem vai contratar um serviço de hospedagem é necessário a pessoa já ter um site, os arquivos em uma pasta para, quando comprar, fazer o upload para lá e ele já ficar funcionando para depois você começar a atrair visitas para o site, divulgar nas redes sociais ou cadastrar no Google para atrair mais tráfego.

O que precisa para ter uma hospedagem compartilhada

Acesso à internet (privado) – Acesso à internet é o obvio, todos temos que ter para se contratar um serviço de hospedagem, mas saiba que você só pode abrir o CPANEL do seu site (ex.: seusite.com/cpanel) e se logar, em uma internet privada, ou seja, a da sua casa porque se você entrar na internet da escola, do trabalho ou da livraria da faculdade, pode ter alguém espionando o que você faz e pode entrar lá e ver todos os seus arquivos, bem como baixá-los.

Navegador WEB – É necessário você instalar um bom navegador, o Google Chrome (porque é o que mais se atualiza e é bem leve) é o melhor para usar qualquer coisa na internet.

Editor HTML – Eu uso o Notepad++ porque é leve e bem fácil de usar, tem várias funcionalidades. Ele até realça as tags html para deixar melhor de perceber para ficar melhor de trabalhar.

Cliente FTP – O grátis e mais conhecido é o Filezilla. Você baixa, instala e se loga com suas credenciais (que geralmente é ftp.seusite.com – user:seuuser senha: suasenha). É aí que você manuseia todos os arquivos, mas no próprio CPANEL da sua hospedagem, acessando via browser mesmo, dá para acessar lá o “gerenciador de arquivos” e manusear por lá mesmo. Só lembre que se vocë zipar seus arquivos, tem que ser com um programa grátis como o 7-zip, para zipar, mandar pra lá e lá descompactar. Se mandar .rar não aceita, .rar é um programa pago também. Como nós vamos se cadastrar na Hostgator, na hora de instalar o WordPress, não precisa ser manual, pelo fantástico ou softaculous da pra instalar bem rápido, com só alguns cliques.

Programa de e-mail – Aqui não há dor de cabeça. Eu uso o Gmail e cadastro no CPANEL um e-mail para mim (ex.: everson@meusite.com) e faço ele redirecionar todos os e-mails enviados para meu e-mail do Gmail, clicando lá em “remetentes” ou “redirecionamento” ou “fowards” no Cpanel.

hospedagem compartilhada

A contratação da hospedagem – Agora chega a hora de sairmos em busca de nosso servidor compartilhado, que é uma hospedagem normal. Porque compartilhado? Por que para começar é melhor esse, pois é um servidor grande VPS ou Dedicado que o dono da hospedagem configura e gerencia para colocar seus clientes. Geralmente fica mais de 200 sites nesses servidores, e por isso que chama compartilhado. Você também, ser quiser e se tiver muitos sites, pode contratar em vez de um host compartilhado, uma revenda de hospedagem (que é usada para quem é revendedor ou para nós que apenas temos muitos sites e queremos colocar eles lá) ou contratar um VPS ou servidor dedicado, que são basicamente a mesma coisa.

O preço de cada varia:

  • Compartilhada – Brasil de R$ 4,90 a R$ 29,90 por mês
  • Revenda de Hospedagem – de R$ 29,90 a R$ 59,90 por mês
  • VPS dedicado – De R$ 100,00 a R$ 500,00 por mês

Como já explicamos lá no artigo, eu costumo contratar nos sites do exterior procurando no google.com/?hl=en e pagando com cartão pré-pago internacional do tipo travel. Os preços variam:

  • Compartilhada – $5,00 a $15,00 dólares por mês
  • Revenda de Hospedagem de $16,00 a $30,00 dólares por mês
  • VPS dedicado – De $30,00 a $200,00 dólares por mês, chegando até mais, dependendo do que você queira.

Como a nossa ideia inicial é apenas hospedagem 1 site, é bom contratar a mais barata, mas veja só, você tem que entrar no suporte da hospedagem para perguntar como é o servidor que seu site vai ficar. Um servidor ruim é tipo aqueles com 512 MB de RAM e um processador Celeron, por exemplo. Bom pra aguentar tem que ter pelo menos 2GB de RAM com processador dual core.

Linux ou Windows

Na hora que você for contratar, você vai ver as opções de hospedagem LINUX ou WINDOWS, e o conselho é ‘Não contrate Windows!’. As pessoas que vão contratar hospedagem pensam que ela é tipo computador de casa. Pra começo de história o CPANEL só funciona em LINUX, e tem também do lance dos sistemas, o LINUX é um software totalmente grátis e o Windows é PAGO, e se você escolher Windows não vai ter CPANEL e vai ficar mais cara. Escolha uma hospedagem LINUX! É até melhor para o desenvolvedor que vai criar seu site.

Investigando o host

Pode começar a busca no Google.com.br, buscando coisas como ‘host cpanel’, ‘hospedagem cpanel’, ‘hospedagem linux’ tem até delas que tem ativação imediata com 10 dias grátis sem precisar de pagar, só buscar por ‘hospedagem cpanel ativação imediata’. Busque algumas e veja os custos e o que tem de bom. Quando escolher, pegue o nome dela e coloque no Google assim ‘nomedohost reclame aqui’, ‘nomedohost é bom’ e veja os resultados. No Reclame aqui ela tem que sempre solucionar os problemas dos clientes e nos resultados do Google ela deve ter o menos possível de reclamações (claro que todas vão ter algumas reclamações, mas nota-se quando o host é ruim porque ele nem responde alguma, ou não resolve nenhuma).

Como será o suporte da hospedagem

Teste o suporte. Um suporte bom ele atende até de madrugada e uma boa ideia é você chegar de madrugada para contratar o serviço e fazer uma pergunta lá para ver se eles respondem. A maioria dos problemas nos hosts acontece de madrugada e é bom eles atenderem de madrugada para resolver nosso problemas (Ps. você tem que saber se o problema é com sua falta de conhecimento ou não, pois é chato a pessoa ficar de instante e instante indo la perguntar alguma coisa banal. Vários problemas dá pra ser resolvido pelo google).

O que tem de bom na hospedagem?

Espaço em disco – A maioria das hospedagens vem com limite de espaço em disco ilimitados, e é bom por isso, você pode gastar 900 MB ou até 2GB, ou mais por mês. O ideal para quem quer instalar só um site WordPress por exemplo é até 2GB, pois 100 MB fica para a instalação do WordPress e o restante para imagens e videos (se seu site for de portfólio, por exemplo) que quando usado no WordPress vai automaticamente para a pasta “wp-content”.

Banda de tráfego – Muitas empresas também dão ilimitada banda de tráfego, que é os dados trafegados em download ou upload (ex. Você fazer upload do seu site gasta. Se os dados for 200 MB, já vai ser gasto 200 MB de banda de tráfego. Se você baixar ou alguém acessar os arquivos ou páginas, também já gasta o valor). O meu aqui é ilimitado e esse site aqui portalwp.com não gasta mais de 30 GB por mês (e ele tem várias imagens de tutorias e vários acessos diários).

Banco de dados – Pelo menos 1 é o ideal, mas as empresas de hospedagem dão ilimitado também. Você, no Cpanel pode criar à vontade. Por exemplo, se você quiser instalar um site em WordPress, vai ter que fazer o download dos dados no wordpress.org, colocar os arquivos na home do seu site via FTP, criar um banco de dados, username e senha para ele, interligar o username e senha ao BD, e ir lá nos arquivos do WordPress que você colocou lá e abrir o wp-config.php para colocar o nome do BD, username e senha. Quando acessar o site ele configura tudo.

Fuja de Domínio grátis

Parece até vantagem empresas que oferecem domínios grátis, mas pensando bem, não é não. Só é bom se você souber a procedência da empresa, por exemplo a HostGator que já tem fama de empresa boa, porém se você pensar direitinho, se você entra numa empresa, paga 1 ano e ganha o domínio grátis nessa empresa, faz um trabalho de marketing no domínio ele fica bem conhecido, aí você quer sair da hospedagem, vai ser um pouco burocrático transferir o domínio também. Por isso é bom você registrar o domínio direto no registro.br se for .com.br ou outro, e se for internacional .com ou .net, registrar em Godaddy, Superdomínios, Dynadot ou outro. Quando quiser contratar hospedagem, é só atualizar o dns do domínio, esperar 48h e pronto.

A política de uso do host, é boa?

Não se esqueça de ler a política e os termos de uso do host, pois se por exemplo você tem sites de conteúdo adulto, muitos hosts não aceitam e pode até deletar todos os seus dados se você usar sem poder. Também muitos não aceitam vídeos, pois “come” muita memória e processamento do servidor onde ele está, deixando ele lento e afetando outros sites de outros clientes que não tem nada a ver. Tem que ler toda a política também porque alguns deles impõem limite de uso, por exemplo, tem uns que cobram 1 dólar a mais por cada GB gasto a mais que o limite da banda de tráfego ou de uso de dados em disco, e você tem que ficar atento a isso.

Siga-me no Facebook

Comments

comments

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *