Qual a melhor extensão para salvar no Photoshop [PSD x PSB]

Existe duas opções de salvamento de arquivo no Photoshop. O PSD e o PSB. Eles são nativos do Photoshop e começaram a ser usados a partir da coleção CS (Creative Suite) – Hoje estamos no CS6. Ambos têm suporte para muitos recursos do programa. Os dois suportam todos os modos de cores de imagem que são Bitmap, tons de cinza, cores indexadas, RGB (mais para trabalhar com mídia e WEB), CMYK (mais para trabalhar com gráfica e arquivos impressos), Duotônico, LAB e multicanal. Suportam cores especiais, canais alfa, camadas simples, camadas de ajuste, camadas de texto, camada de efeitos. Enfim, eles são semelhantes. Podemos dizer que o PSB é um PSD2 porque ele é a extensão complementar para quem quer salvar arquivos de até 2GB, arquivos grandes, por isso que seu nome  aparece como Large document Format (formato para documentos grandes) quando vamos salvar lá no “Salvar como” do Photoshop.

photoshop

PSD – O salvamento do arquivo no Photoshop em PSD é ideal para quem faz serviços leves, e quer manter bem todos seus efeitos criados, sem que se altere nada quando abrimos em outra versão do programa.

PSB – PSB é uma extensão ideal para salvar no Photoshop para quem quer um arquivo mesmo do PSD, mas que ele tenha até 2GB de tamanho. Ou seja, se você estiver trabalhando com um arquivo muito pesado e quer manter a qualidade desse trabalho, salve em PSB.

Resumindo: Esses formatos de arquivos são aqueles que a pessoa salva para alterar depois ou para guardar um documento que estamos trabalhando. Se quisermos finalizar, criar uma imagem a partir dele, devemos salvar em JPG, BMP, PNG ou outro formato de finalização. Continue usando o PSD, mas se seu arquivo for muito pesado e você quiser manter a fidelidade dos efeitos e artes, salve em PSB.

Siga-me no Facebook

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *