Como fazer um manual de identidade visual [com o logotipo] corretamente

Veja um trabalho de manual de identidade visual feito, algumas dicas de como fazer um, dicas de livros para aprender a teoria e prática e manuais de Universidades Federais prontos.

 

Resolvi fazer este tutorial sobre como criar um manual de identidade visual porque quando eu estava aprendendo eu achei pouco material na internet sobre isso. O processo é muito simples porque um manual serve apenas para informar ao profissional que vai executar aquela produção de como ele deve fazer o procedimento corretamente. É um planejamento de como melhor usar a marca em determinados lugares de uma instituição.

 

Os slides do meu trabalho você pode visualizar ou baixar no Slideshare abaixo :

 

Capa

Primeiro de tudo temos a capa do projeto. No meu projeto eu coloquei o nome da instituição, o meu e-mail e dados necessários porque foi um projeto feito para a faculdade, mas se for para um cliente não precisa de tudo isso. Ela deve vir com a marca ao centro e o título do projeto.

Introdução / Objetivo

Aqui se pode comentar um pouco do projeto, como ele será feito e qual é o objetivo dele. Mas a introdução e objetivo é melhor começar logo preenchendo, porque ela te ajuda no decorrer do trabalho. Depois quando ele tiver feito é só fazer as mudanças necessárias e acrescentar outras coisas, se necessário.

Sumário

No sumário ou índice, você vai listar todas as páginas que ele contém. Tem que deixar ele para o final, porque fica difícil criar ele logo, porque vai haver necessidade de ficar mudando, e dá muito trabalho.

Instituição

Na instituição, você tem que sugar a maior quantidade de dados da empresa, a visitando pessoalmente para conversar com os funcionários e dono (se o projeto for pago vai haver necessidade, mas se for acadêmico, não tanta) e visitando o site da empresa. O importante é juntar a maior quantidade de dados sobre a empresa para depois fazer um texto sobre ela a descrevendo, mas que seja relacionado a ao trabalho.

Identificação

Na identificação, você tem que dividir a folha em duas. Numa parte fica os dados da equipe de design do manual (você, não o designer que criou a marca). E na outra fica os dados da empresa cliente.

Briefing

Aqui, depois de feita a pesquisa, você já vai estar conhecendo tudo a respeito da empresa, então já deverá saber do que ela precisa e onde a marca vai ser aplicada. Então você descreve.

Garantia

Esta página é opcional, mas para que haja uma confiança entre as partes (o designer, o cliente, e a gráfica) é bom descrever quais são as obrigações de ambas as partes. Você encontra mais informações nos livros.

Conceito

O conceito você vai mostrar a Logo da empresa e vai descrever o que ela representa (se souber, caso não tenha sido você que tenha feito). E abaixo você vai mostrar a versão 3d dela. Ou com algum efeito que seja preciso para a logo da empresa que não seja 3d.

Princípios

Nos princípios você vai descrever todas as regras da marca. Cor, opacidade. junção etc. Em fim, vai detalhar tudo sobre ela. O livro explica bem direitinho essa parte.

Versões da marca

Nas versões, como a marca teve duas versões, uma na horizontal e outra na vertical, foi descrito como se deve aproveitar do espaço de aplicação da melhor maneira possível.

Grade / Modulação

A grade serve para os pintores tomarem por base o espaçamento das letras e dos grafismos que compõem a marca, quantos quadrados os detém, etc. Fica bem mais fácil para eles pintarem a marca em um muro se verem essa parte do manual pois desenharão a grade no muro com grafiti e depois a pintam parte por parte.

Repare que eu encaixei os quadrados perfeitamente na marca e caracteres e os espaçamentos ficaram divididos por um módulos. (Não é bom usar unidades de medida, defina um espaço para o módulo.)

Fonte

Descreva a fonte que usará na aplicação do projeto. Uma principal e outra auxiliar. É interessante colocar no site da empresa um backup dessas fontes e colocar o link delas aí nesta parte.

Cores institucionais

Descrevem as cores usadas no projeto. Ali diz que nelas não podem ser alteradas, excetos os padrões acromáticos e negativos. ou seja, quando usada as marcas com uma cor só, pode usar a cor que quiser.

Limitações

Descreve as limitações de tamanho e de cor. Induz o usuário do manual a usá-la acima do tamanho mínimo para propor legibilidade à marca. Usar a logo com cores de tonalidade baixa quando o fundo é escuro, e vice-versa.

Para Interferência, não usar em fundo que podem causar danos a legibilidade e também com relação a distancia da logo a letra.

Assinatura

Você tem que definir uma assinatura padrão para a empresa para que ela use no final de suas folhas administrativas.

Proibições de uso

Deixa claro a Proibição a manipulação do logotipo.

Folha síntese

É uma folha descartável, impressa com papel simples mesmo, que serve só para informar a uma pessoa como a marca é. É bom imprimir algumas para deixar no escritório da empresa.

Papelaria básica

Cartões de visitas, envelopes (que agora podem ser usados no rodapé de um e-mail padrão ou newsletter).

Impressos administrativos

Talões e impressos para procedimentos administrativos.

Frota

Como vai ser o design que será impresso nos carros.

Caixas e embalagens

No caso, a empresa que fiz usava caixas para as cerâmicas, então tive que criá-las. Varia de empresa para empresa.

Farda – Crachá – Fachada

Créditos

Seu nome e o nome das pessoas que te ajudaram, com seus contatos.

 

 

Os livros que li para a construção do manual foram:

 

que tem mais a parte prática e pode ser encontrado no próprio site da editora 2ab e também

que é mais teoria sobre o assunto e pode ser encontrado no site da Siciliano.

 

Aqui estão alguns manuais de identidade visual que achei na internet e que me ajudaram, os melhores que achei foram:

 

Talvez você se interesse em como buscar no Google para achar vários exemplos de manuais de marca:

 

É só colocar “manual de identidade visual inurl:.pdf” no google que ele retorna todos os manuais em pdf de universidades federais que estão no seu índice.

Aprenda como fazer uma busca eficaz no Google.

Siga-me no Facebook

Comments

comments

Comments

    • @optimizingbr says

      Eu usei o Ilustrator, mas o certo é usar o Indesign pra fazer isso.
      Mas Corel draw também serve, é só, quando for precisando de adicionar páginas, clicar naquele + que tem em baixo.

  1. vanderlei says

    Bom dia, eu sou  novo na minha empresa, e o meu chefe me pediu pra fazer um tutorial do software da empresa no intuito de sempre que entrar um funcionario novo, ficar mais facil para ele olhando o tutorial. eu queria fazer um parecido com o seu, sendo que ate mais basico, a unica coisa que eu queria mesmo saber é como fazer um tutorial, que a pessoa vai passando de paginas usando aquela setinha de voltar e avançar.

    Fico no aguardo, forte abraço !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *